Pular para o conteúdo principal

Que negócios podemos montar em Portugal?




     Muitas pessoas nos perguntam “ Que negócios podemos montar em Portugal?”

     É claro que esta resposta depende de várias informações e de uma pesquisa de mercado apurada. Mas existem indicadores macro que podem oferecer “luz” a quem pensa empreender em terras lusas ou mesmo em outros países da União Européia.

     Vou me ater a uma questão que é transversal e que pode basear a análise de quem está prospectando oportunidades; O envelhecimento populacional e a longevidade dos europeus.
O envelhecimento e decréscimo da natalidade da população europeia não é novidade.  Em Portugal,  nos anos 90, para cada 100 jovens haviam 65,7 pessoas acima de 65. Em 2018 o  número de idosos é de 157,4 para cada 100 jovens, uma crescimento de 141% .  Para além de termos muito mais idosos, é crescente o número de pessoas com mais de 75 anos com qualidade de vida.

     Os números de envelhecimento no Brasil também são crescentes, mas a diferença entre os dados do Brasil e Portugal são gritantes. Segundo o IBGE, no Brasil o número de idosos com mais de 65 anos em 2017 era de 5,7% da população. Em Portugal este percentual ultrapassa os 20% e a expectativa é que em 60 anos ultrapasse os 50% da população.  
     
     O envelhecimento populacional exige estruturas diferenciadas de lazer, alimentação, beleza, turismo, atendimento e saúde, entre outros.  Alguns exemplos de negócios:
- Teleassistência médica, equipamentos eletrônicos, Acompanhante para exercícios, turismo para terceira idade, produtos adaptados para o dia à dia, academias, negócios que estimulam a independência e autonomia, sistemas de emergência e segurança pessoal entre outros.

     Não é incomum encontrarmos pessoas com mais de 80 anos viajando a lazer de maneira independente e eventualmente como mochileiros.

     Para quem vem para Portugal e deseja fazer negócios, é importante mudar o paradigma em relação ao mercado português e Europeu. Dados Pordatawww.emportugalconsultoria.com.br


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conversão de escala das notas escolares brasileiras às portuguesas

                   Quando um aluno brasileiro transferir  ou  for reconhece suas competências acadêmicas em Portugal, precisará juntar aos documentos a equivalência entre as notas brasileiras e portuguesas.                                      O que regulamenta esta questão é a Portaria 699/2006 do Ministério da Educação Português, que aprova as tabelas comparativas entre o sistema de ensino português e outros sistemas de ensino. Equivalência entre sistemas de ensino de Portugal e Brasil                      O parâmetro de notas na conversão das escalas portuguesas e brasileira, serão as notas praticadas no sistema de avaliação de cada escola. Exemplificando;                 A escola X tem a escala de avaliação de 0 à 10 e tem como média para aprovação a nota 6.                 Então a escala de identificação de notas a ser usada será a escala 6 à 10.                                 Supondo-se que um aluno do ensino médio brasileiro tenha tirado not

Declaração de Responsabilidade Financeira

             A maioria dos estudantes, quando vai estudar em outro país, precisa apresentar, entre outros documentos, a justificativa de como será feita a sua subsistência durante o tempo que estará estudando.             Uma das formas de comprovar a subsistência é a declaração de responsabilidade financeira, feita por uma pessoa próxima que tenha condições de dar suporte financeiro para o estudante. É uma declaração da pessoa que será o responsável por pagar as despesas durante o tempo em que o estudante estiver no exterior. A declaração de responsabilidade financeira  deve conter os dados (RG e CPF) da pessoa que irá sustentar o estudante durante o período que estiver no exterior, os dados do estudante (RG, CPF e Passaporte), a data, o destino e o objetivo da viagem e o grau de parentesco entre o financiador e o estudante. Essa carta deverá ser assinada e autenticada em cartório e ser acompanhada de documentos comprobatórios da condição do declarante. Pode ser a declaraç

Como escrever uma CARTA DE MOTIVAÇÃO para mestrado, doutorado ou bolsa de estudos.

                       É frequente que as universidades portuguesas solicitem carta de motivação como parte da candidatura a uma graduação ou pós-graduação (mestrado ou doutorado). Para a candidatara a bolsa de estudos a carta é obrigatória e pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso.          A  Carta de Motivação  é o documento mais personalizado da candidatura – uma chance única de apresentar aos avaliadores quem você é além do seu currículo e do seu histórico acadêmico. É uma chance de oferecer  informações  relevantes e interessantes sobre sua trajetória e provar que é a pessoa certa e mais motivada entre os candidatos concorrentes.          É necessário escrever uma carta que seja concisa, objetiva e convincente no seu propósito de “vender-se”.   Este é um modelo campeão; Gustavo Torres, de 17 anos, foi aprovado em cinco universidades de excelência dos Estados Unidos: Columbia, Duke, Harvard, MIT e Stanford. VEJA AQUI a tradução da carta de motivação apresenta